sabonete-intimo-feminino

Sabonete intimo é importante para a saúde da mulher?

Sabonete intimo é importante para a saúde da mulher?

Existem algumas controvérsias em relação ao sabonete intimo. Muitos ginecologistas recomendando o seu uso e outros dizendo que não há evidências científicas que comprovem que realmente o sabonete intimo ajuda na saúde da mulher.

Porém, você já deve ter ouvido falar que muitos ginecologistas indicam o uso de sabonetes intimos para manter o Ph naturalmente do ácido na vagina e longe de bactérias. Mas algumas mulheres são um pouco resistes e tem algumas dúvidas sobre o sabonete intimo.

sabonete-intimo-feminino

Em primeiro lugar ele não dá alergia só se for passar na parte interna da vagina, muito pelo contrário, ele protege a vagina, mantendo a saudável e a prevenindo de impurezas muitas vezes presentes nos sabonetes comuns. A principal diferença de você optar por um sabonete intimo é em relação ao PH (Potencial Hidrogênio irônico). Os comuns tem PH neutro, já o íntimo é ácido.

Benefícios do sabonete intimo

● Ajuda a prevenir infecções;

● A mulher se sente mais saudável e segura;

● Ajuda a diminuir o corrimento vaginal;

● Evitam coceiras, irritações;

● Produzem menos espuma e agridem menos a pele;

● Melhora a saúde íntima da mulher;

Sabonete intimo – Alteração do PH

Vale ressaltar que o interior da vagina é habitado por muitos micro-organismos e por isso é muito importante uma adequada higiene por parte da mulher. Principalmente no período menstrual, o risco da mulher contrair infecção é maior devido à variação da imunidade.

Para se ter uma ideia, o PH da vagina é ácido e varia de 3,8 a 4,2. Em momentos de estresse ou imunidade baixa, ela fica mais sensível e há o desequilíbrio do Ph que proporciona infecção, coceira intensa, mau cheiro, corrimento branco. De acordo com alguns ginecologistas usando frequentemente o sabonete intimo, até no período menstrual vai ajudar a deixar o Ph equilibrado e evitar uma série de problemas.

Sabonete intimo - Como usar?

Usar em excesso também não é bom porque pode lavar-tirar a camada de proteção natural formada pela gordura, pelos e secreções eliminadas pelas glândulas que a mulher possui nessa região. Os especialistas indicam seu uso uma vez ao dia e lavar na parte externa da vagina sem a ducha de água. Se tomar mais que um banho ao dia, use apenas água nessa região.

Sabonete intimo - Para quem é indicado?

Mesmo sem nenhuma comprovação científica de que os sabonetes íntimos são os melhores, muitos ginecologistas recomendam porque chega mais perto do sabonete ideal para essa região e por conter menos substâncias do que comparado a outros sabonetes.

Os sabonetes íntimos são indicados para todas as mulheres, mas principalmente por aquelas que têm corrimento vaginal. Dependendo da mulher há o aparecimento da secreção que pode aumentar com o uso de calcinhas sem algodão o que impede a ventilação na região da vagina e propicia o aumento da secreção e mau cheiro.

Se você for à farmácia e observar, verá que existem algumas prateleiras com muitas marcas e tipos. Atente para marcas mais conhecidas no mercado, aprovadas pela Anvisa e aquela que possui ácido lático e com menos composição. Para não ficar em dúvida, converse antes com sua ginecologista para ela lhe indicar qual o melhor sabonete intimo.

Cuidar da higiene íntima é fundamental para garantir uma boa saúde e se sentir melhor. Se você ainda não usa, converse com seu ginecologista.

E você, usa sabonete intimo?

The following two tabs change content below.

Angélica Weise

Angélica Weise é jornalista e escritora. Mora em Santa Cruz do Sul (RS), onde mantém as suas práticas sustentáveis. Escreve para sites sobre moda, sustentabilidade e vida saudável, e faz trabalho freelancer para a Revista Vida Simples (Abril). Pretende seguir com a pesquisa, ingressando no mestrado. Gosta muito de andar de bicicleta e conhecer brechós.

Comenta aí, querida

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>